Sonhos

Os sonhos são um dos aspectos mais fascinantes e mistificadores do sono. Desde que Sigmund Freud ajudou a chamar a atenção para a importância potencial dos sonhos no final do século 19, considerável pesquisa trabalhou para desvendar a neurociência e a psicologia dos sonhos.

Apesar desse avanço do conhecimento científico, há muito que permanece desconhecido sobre o sono e os sonhos. Mesmo a questão mais fundamental - por que sonhamos? - ainda está sujeito a um debate significativo.

Enquanto todos sonham, o conteúdo desses sonhos e seus efeitos sobre o sono podem variar dramaticamente de pessoa para pessoa. Mesmo que não haja uma explicação simples para o significado e propósito dos sonhos, é útil entender o básico dos sonhos, o impacto potencial dos pesadelos e as etapas que você pode tomar para dormir melhor com sonhos doces.



O que são sonhos?

Sonhos são imagens, pensamentos ou sentimentos que ocorrem durante o sono. Imagens visuais são o mais comum , mas os sonhos podem envolver todos os sentidos. Algumas pessoas sonham em cores, enquanto outras sonho em preto e branco , e as pessoas cegas tendem a ter mais componentes de sonho relacionados a som, gosto e cheiro .



Estudos revelaram diversos tipos de conteúdo de sonho, mas algumas características típicas do sonho incluem:



quando kylie jenner fez seus lábios
  • Tem uma perspectiva de primeira pessoa.
  • É involuntário.
  • O conteúdo pode ser ilógico ou até mesmo incoerente.
  • O conteúdo inclui outras pessoas que interagem com o sonhador e entre si.
  • Provoca fortes emoções.
  • Elementos da vida desperta são incorporados ao conteúdo.

Embora essas características não sejam universais, elas são encontradas, pelo menos até certo ponto, na maioria dos sonhos normais.

Por que sonhamos?

O debate continua entre especialistas em sono sobre por que sonhamos. Diferentes teorias sobre a propósito de sonhar incluir:

  • Memória de construção: Sonhar tem sido associado à consolidação da memória, o que sugere que sonhar pode servir a uma importante função cognitiva de fortalecer a memória e a evocação informativa.
  • Processando emoção: A capacidade de se envolver e ensaiar sentimentos em diferentes contextos imaginários pode fazer parte do método do cérebro para gerenciar emoções.
  • Limpeza mental: Períodos de sonho podem ser a maneira do cérebro se endireitar, limpar informações parciais, errôneas ou desnecessárias.
  • Replay instantâneo: O conteúdo dos sonhos pode ser uma forma de repetição instantânea distorcida em que eventos recentes são revisados ​​e analisados.
  • Atividade cerebral acidental: Essa visão sustenta que sonhar é apenas um subproduto do sono que não tem nenhum propósito ou significado essencial.

Especialistas nas áreas de neurociência e psicologia continuam a conduzir experimentos para descobrir o que está acontecendo no cérebro durante o sono, mas mesmo com pesquisas em andamento, pode ser impossível provar de forma conclusiva qualquer teoria sobre por que sonhamos.



Quando sonhamos?

Em média, a maioria das pessoas sonha cerca de duas horas por noite. Sonhando pode acontecer durante qualquer estágio do sono, mas os sonhos são os mais prolíficos e intensos durante o estágio de movimento rápido dos olhos (REM).

como os brincalhões pouco práticos não são reconhecidos

Durante o estágio de sono REM, a atividade cerebral aumenta consideravelmente em comparação com os estágios não REM, o que ajuda a explicar o tipos distintos de sonho durante essas etapas. Os sonhos durante o sono REM são tipicamente mais vívidos, fantásticos e / ou bizarros, embora possam envolver elementos da vida desperta. Em contraste, os sonhos não REM tendem a envolver um conteúdo mais coerente que envolve pensamentos ou memórias baseadas em um tempo e lugar específicos.

O sono REM não é distribuído uniformemente durante a noite. A maior parte do sono REM ocorre durante a segunda metade de um período normal de sono, o que significa que os sonhos tendem a se concentrar nas horas anteriores ao despertar.

Os sonhos têm significado?

Como interpretar os sonhos, e se eles têm algum significado, são assuntos de considerável controvérsia. Enquanto alguns psicólogos argumentam que os sonhos fornecem uma visão sobre a psique ou a vida cotidiana de uma pessoa, outros consideram seu conteúdo muito inconsistente ou desconcertante para transmitir um significado de forma confiável.

Praticamente todos os especialistas reconhecem que os sonhos podem envolver conteúdo que remete às experiências de vigília, embora o conteúdo possa ser alterado ou deturpado. Por exemplo, ao descrever sonhos, as pessoas costumam se referir a pessoas que reconhecem claramente, mesmo que sua aparência seja distorcido no sonho .

Scarlett johansson fez uma plástica no nariz?

O significado dos detalhes da vida real que aparecem nos sonhos, porém, está longe de ser estabelecido. A hipótese da continuidade na pesquisa dos sonhos sustenta que os sonhos e a vida desperta estão interligados e, portanto, envolvem temas e conteúdos sobrepostos. A hipótese da descontinuidade, por outro lado, vê o pensamento durante os sonhos e a vigília como estruturalmente distintos.

Embora a análise dos sonhos possa ser um componente da autorreflexão pessoal ou psicológica, é difícil afirmar, com base nas evidências existentes, que existe um método definitivo para interpretar e compreender o significado dos sonhos na vida cotidiana e desperta.

Quais são os tipos de sonhos?

Os sonhos podem assumir muitas formas diferentes. Sonhos lúcidos ocorrem quando uma pessoa está em um sonho, estando ativamente ciente de que está sonhando. Sonhos vívidos envolvem conteúdo onírico especialmente realista ou claro. Sonhos ruins são compostos de conteúdo incômodo ou angustiante. Os sonhos recorrentes envolvem as mesmas imagens que se repetem em vários sonhos ao longo do tempo.

Mesmo em sonhos normais, existem certos tipos de conteúdo que são especialmente identificáveis. Entre os mais reconhecíveis e temas comuns nos sonhos são coisas como voar, cair, ser perseguido ou não conseguir encontrar um banheiro.

Obtenha as informações mais recentes sobre o sono em nosso boletim informativoSeu endereço de e-mail será usado apenas para receber o boletim informativo gov-civil-aveiro.pt.
Mais informações podem ser encontradas em nossa política de privacidade.

O que são pesadelos?

Leitura Relacionada


Na medicina do sono, um pesadelo é um sonho ruim que faz com que uma pessoa acordar do sono . Essa definição é diferente do uso comum que pode se referir a qualquer sonho ameaçador, assustador ou incômodo como um pesadelo. Embora os pesadelos sejam normais e geralmente benignos, pesadelos frequentes podem interferir no sono de uma pessoa e causar pensamento e humor prejudicados durante o dia.

Os sonhos afetam o sono?

Na maioria dos casos, os sonhos não afetam o sono. Sonhar faz parte do sono saudável e geralmente é considerado completamente normal e sem efeitos negativos no sono.

quais treinadores ganharam na voz

Pesadelos são a exceção. Como os pesadelos envolvem despertares, eles podem se tornar problemáticos se ocorrerem com frequência. Sonhos angustiantes podem fazer com que a pessoa evite dormir, levando a um sono insuficiente. Quando eles dormem, a privação de sono anterior pode induzir uma recuperação do sono REM que na verdade piora os pesadelos. Esse ciclo negativo pode fazer com que algumas pessoas com pesadelos frequentes experimentem insônia como um problema crônico de sono.

Por esse motivo, as pessoas que têm pesadelos mais de uma vez por semana, têm sono fragmentado, ou têm sonolência diurna ou mudanças de pensamento ou humor devem fale com um médico . O médico pode revisar esses sintomas para identificar as causas e tratamentos potenciais de seu problema de sono.

Como você pode se lembrar dos sonhos?

Para as pessoas que desejam documentar ou interpretar sonhos, lembrá-los é o primeiro passo fundamental. A capacidade de recordar sonhos pode ser diferente para cada pessoa e pode variar com base na idade . Embora não haja uma maneira garantida de melhorar a recordação dos sonhos, especialistas recomendam certas dicas :

  • Pense em seus sonhos assim que acordar. Os sonhos podem ser esquecidos em um piscar de olhos, então você quer fazer com que lembrá-los seja a primeira coisa a fazer ao acordar. Antes de se sentar ou até mesmo dizer bom-dia ao seu parceiro de cama, feche os olhos e tente relembrar seus sonhos em sua mente.
  • Tenha um diário ou aplicativo disponível para acompanhar o conteúdo dos seus sonhos. É importante ter um método para registrar rapidamente os detalhes do sonho antes que você possa esquecê-los, inclusive se você acordar de um sonho durante a noite. Para a maioria das pessoas, uma caneta e papel na mesa de cabeceira funcionam bem, mas também existem aplicativos para smartphones que ajudam a criar um diário de sonhos organizado e pesquisável.
  • Tente acordar em paz pela manhã. Um despertar abrupto, como o de um despertador, pode fazer com que você desperte rapidamente e saia de um sonho, tornando mais difícil lembrar os detalhes do sonho.

Lembre-se de que a recordação dos sonhos é uma prioridade. Antes de dormir, diga a si mesmo que se lembrará de seus sonhos e repita esse mantra antes de dormir. Embora isso por si só não possa garantir que você se lembrará de seus sonhos, pode encorajá-lo a lembrar de reservar um tempo para refletir sobre os sonhos antes de começar o dia.

onde victoria caputo vai para a faculdade

Como você pode impedir pesadelos?

Pessoas com pesadelos frequentes que perturbam o sono devem conversar com um médico que pode determinar se eles têm transtorno de pesadelo ou qualquer outra condição que afete sua qualidade de sono. O tratamento para o transtorno de pesadelo geralmente inclui psicoterapia que tenta neutralizar pensamentos negativos, estresse e ansiedade que podem piorar os pesadelos.

Muitos tipos de psicoterapia tentam reduzir preocupações ou medos, incluindo aqueles que podem surgir em pesadelos. Este tipo de exposição ou terapia de dessensibilização ajuda muitos pacientes a reformular sua reação emocional às imagens negativas, uma vez que tentar simplesmente suprimir os pensamentos negativos pode exacerbar pesadelos .

Outra etapa na tentativa de reduzir pesadelos é melhorar higiene do sono , que inclui hábitos relacionados ao sono e os ambiente do quarto . A higiene saudável do sono pode tornar seu sono noturno mais previsível e pode ajudá-lo a dormir profundamente durante a noite, mesmo se você tiver pesadelos. Exemplos de dicas para um sono saudável incluem:

  • Siga um cronograma de sono estável: Mantenha uma programação constante todos os dias, incluindo nos finais de semana ou outros dias, quando você não precisa acordar em um determinado horário.
  • Escolha o conteúdo pré-cama com cuidado: Evite conteúdo assustador, angustiante ou estimulante nas horas antes de dormir, pois pode provocar pensamentos negativos durante o sono.
  • Relaxe todas as noites: Exercício durante o dia pode ajudá-lo a dormir melhor à noite. À noite, tente permitir que sua mente e seu corpo relaxem calmamente antes de dormir, por exemplo, com alongamentos leves, respiração profunda ou outras técnicas de relaxamento.
  • Limite o álcool e a cafeína: O consumo de álcool pode causar um sono REM mais concentrado no final da noite, aumentando o risco de pesadelos. A cafeína é um estimulante que pode atrapalhar sua rotina de sono e manter seu cérebro ligado quando você quer cochilar.
  • Bloqueie as distrações do quarto: Tente criar um ambiente para dormir que seja escuro, silencioso, cheire bem e tenha uma temperatura confortável. Um colchão e travesseiro de apoio podem tornar sua cama mais convidativa e aconchegante. Todos esses fatores tornam mais fácil sentir-se calmo e evitar despertares indesejados que podem desencadear padrões de sono irregulares.

Artigos Interessantes